Home observando um prato Gourmet.

Conheça o transtorno alimentar raro: a Síndrome de Gourmet

O que é?

A Síndrome de Gourmet é um transtorno alimentar raro, em que a sua principal característica é a preocupação exagerada com a preparação do alimento, desde a compra da comida até a forma como ela vai ser servida no prato. É uma síndrome extremamente rara, possuindo apenas 34 casos relatados em todo o mundo, portanto não há muitos estudos acerca do distúrbio.

As pessoas que sofrem com esse distúrbio alimentar, o procedimento de preparação da comida é tão importante quanto o seu consumo. Elas preocupam-se tanto com a compra dos alimentos, quanto a apresentação do prato e como vão consumir o prato, que normalmente é especial e exótico.

Causas

Os estudos existentes sobre a Síndrome de Gourmet mostram que lesões ou alterações no hemisfério direito do cérebro podem causar Síndrome de Gourmet. E uma das principais causas do transtorno é a obesidade, já que a pessoa acaba se preocupando em excesso com o procedimento da alimentação e acaba consumindo mais do que realmente necessita.

Sintomas

Três pratos com pratos Gourmets.

  • Obsessão com a qualidade dos alimentos comprados.
  • Consumir frequentemente pratos especiais e exóticos.
  • Servir sempre pratos muito bem decorados.
  • Passar bastante tempo na cozinha.
  • Ter um cuidado exagerado na preparação dos alimentos.

Tratamento Síndrome de Gourmet

O tratamento para a Síndrome de Gourmet é feito principalmente com a psicoterapia, e quando o transtorno leva a obesidade, também é preciso o acompanhamento de um nutricionista.

Obesidade

Barriga obesa com uma fita métrica em volta.

Existem diversos métodos para tratar a obesidade, mas o melhor tratamento é feito com uma dieta para emagrecer junto com a prática frequente de atividade física. E quando isso não é possível, há várias opções de medicamentos para auxiliar na redução do apetite e da compulsão alimentar, como o Orlistat e a Sibutramina, e por último, a cirurgia bariátrica, que reduz a área de absorção alimentos pelo trato gastrointestinal.

Para prevenir e tratar a obesidade, a principal recomendação é o controle do consumo de calorias, que deve ser calculado segundo a alimentação habitual da pessoa e a quantidade de peso que ela pretende perder. A dieta deve ser preferencialmente, rica em verduras, legumes, frutas, água e fibras, de acordo com a orientação da nutricionista.

Compulsão Alimentar.

Confira um cardápio completo para emagrecer de forma rápida:

Dia 1

  • Café da manhã: Omelete c/ 1 ovo e tomate + 240 ml de leite desnatado.
  • Lanche da manhã: 3 castanhas + 1 maçã.
  • Almoço/Janta: 2 colheres de sopa de grão de bico + 150 g de filé de peixe +2 fatias de abacaxi + salada cozida.
  • Lanche da tarde: 1 colher de sopa de linhaça + 1 iogurte desnatado.

Dia 2

  • Café da manhã: 1 colher de sopa de chia + vitamina de frutas s/ açúcar.
  • Lanche da manhã: 1 taça de gelatina + 2 fatias de presunto e queijo.
  • Almoço/Janta: 2 colheres de sopa de feijão + 150 g de peito de frango + 1 laranja + salada crua refogada.
  • Lanche da tarde: 3 castanhas + 2 fatias de melancia.

Dia 3

  • Café da manhã: 1 colher de sopa de linhaça + 2 fatias de queijo assado com tomate a alface + iogurte desnatado.
  • Lanche da manhã: 3 amendoins + 1 pera.
  • Almoço/Janta: 1 fatia de melão + 1 ovo cozido + sopa de legumes c/ quinoa.
  • Lanche da tarde: Omelete de legumes + 1 xícara de chá s/ açúcar.

Lembre-se: Dietas que prometem um emagrecimento rápido devem ser realizadas por um tempo limitado e toda dieta deve ser feita com a supervisão de um nutricionista, principalmente se a pessoa tiver hipertensão ou diabetes!

Além disso, a atividade física também é muito importante para a perda de peso. Confira os principais exercícios físicos para emagrecer:

Mulher de costas correndo num parque.

  • Aulas de dança, pois a dança é forma ótima de fortalecer os músculos e queimar calorias.
  • Corrida, pois a corrida é um ótimo exercício para queimar gordura. É possível queimar de 600 a 700 calorias em uma hora de corrida, com um ritmo bom, sem fazer pausas. Pode-se iniciar num ritmo mais lento, mas é necessário ir aumentando a intensidade da corrida, para se alcançar melhores objetivos.
  • Crossfit. O treino de crossfit é intenso, pode-se queimar cerca de 700 calorias por hora e geralmente os exercícios são feitos ao ar livre.
  • Muay Thai, pois é um arte marcial intensa, o treino fortalece os músculos, ajuda na deseja pessoal e na auto-estima, e pode-se queimar cerca de 700 calorias por hora.
  • Natação, pois 1 hora de aula de natação pode queimar até 400 calorias por hora, contanto que o aluno mantenha um ritmo bom e se mantenha em movimento.
  • Body Pump, pois 1 hora de aula de body pump queima em média 500 calorias. A aula é feita com steps e pesos, fortalecendo os músculos.
  • Spinning. As aulas de spinning são intensas e queimam cerca de 600 calorias por hora, fortalecendo as pernas, queimando as gorduras das pernas e fortalecendo as coxas.

Deixe uma resposta